fbpx

Framework Web: O que é e Quais são os mais Usados?

framework web

A tarefa de desenvolver aplicações web não é simples. Sendo assim, existem mecanismos que buscam aliviar a sobrecarga associada a atividades comuns realizadas no desenvolvimento web. Esse é o caso da framework web.

De forma geral, as frameworks ajudam no desenvolvimento rápido e seguro de aplicações. Você já parou para pensar quais são os principais tipos de frameworks web usados? Se você quer conhecer mais sobre, está no texto certo.

Além de explicar mais sobre o conceito de framework web, iremos apresentar os principais tipos de frameworks web front-end e back-end durante esse artigo. Boa leitura!

O Maker Bootstrap é uma plataforma de desenvolvimento de softwares que acelera o desenvolvimento de aplicações web e mobile.

O que é um framework para web?

Em primeiro lugar, é importante entender do que se trata o framework para web. Os frameworks, no geral, funcionam como uma biblioteca de arquivos responsável por guardar diversas funções básicas para o desenvolvimento de uma aplicação.

Sendo assim, o framework para web trata-se de um framework de software que serve para suportar o desenvolvimento de sites web dinâmicos, além de aplicações e serviços web.

Embora existam diversos tipos de frameworks para web para diferentes aplicações, todos eles seguem a mesma lógica: resolvem problemas recorrentes com uma abordagem genérica. 

O objetivo do website é facilitar o trabalho do desenvolvedor, uma vez que eke não precisa ficar reescrevendo softwares.

Ao escolher um dos tipos de framework, portanto, o desenvolvedor pode fazer modificações para que este framework de desenvolvimento da aplicação atenda a todas suas necessidades.

Quais os principais tipos de frameworks web?

Quais os principais tipos de frameworks web

Como já falamos, existem diversos tipos de frameworks para web, variando de acordo com as usabilidades e objetivos em questão. 

Os frameworks web ,ainda, se dividem em duas categorias: front-end e back-end. Vamos falar sobre esse dois formatos de frameworks web mais utilizados para essas duas categorias.

Front-end 

Em primeiro lugar, o desenvolvimento front-end está relacionado à programação visível de um sistema web ou aplicativo. 

Sendo assim, os desenvolvedores front-end são responsáveis pela construção de elementos da experiência do usuário na página como, por exemplo, botões, menus, páginas, links e gráficos. Alguns dos tipos mais populares de framework front-end são:

  • React;
  • Angular;
  • Vue;
  • Backbone;
  • Ember.

React

A React faz parte da linguagem Javascript, uma das linguagens de programação front-end mais conhecidas. O react é um framework usado pelo Facebook e pelo Instagram.

Entre suas funções, está a criação simples para cada estado de aplicação. Trata-se de uma opção muito fácil de aprender, devido a sintaxe JSX de alta performance para conteúdo. O React pode ser usado tanto no lado do servidor ou no lado do cliente. 

Angular

Desenvolvido pelo Google e utilizado pela Microsoft, o framework Angular é uma ótima opção para as informações de nível crítico e avançado, como os carrinhos de compras em e-commerces.

Embora o framework Angular carregue o fato de não ter um SEO amigável, ele pode ser otimizado para isso. 

Vue

O Vue é uma alternativa que garante segurança e agilidade, sendo muito usado pela Decode. É uma opção menos popular, mas que tem crescido recentemente.

Embora não seja suportado por empresas como Facebook e Google, ele tem o diferencial de ser  um framework progressivo, permitindo utilizá-lo para apenas uma parte de um projeto que já existe. 

Backbone

Estrutura bastante leve, o backbone é uma framework que serve para a criação de aplicativos avançados de uma única página. Além disso, segue um padrão MV e implementa parcialmente o design do MVC. 

A biblioteca de sublinhados é a sua única dependência principal, oferecendo um ambiente rico que permite a construção de aplicativos completos.

Ember

A framework Ember também faz parte da estrutura Javascript, sendo considerada uma das melhores. 

Esse formato possui a ligação de dados bidirecional assim como a Angular, oferecendo diversos recursos e componentes. Google, Microsoft, Heroku e Netflix são exemplos de algumas das empresas que já usam essa estrutura.

Back-end 

Back-end framework web

O desenvolvimento back-end, diferente do front-end, trabalha nos bastidores. Essa parte cuida das engrenagens de uma aplicação web, criando códigos para que as funções do site sejam executadas, por exemplo.

Além disso, esse desenvolvimento também envolve a criação de bancos de dados que vão processar as informações recebidas pelo front-end. Alguns dos tipos mais populares de framework back-end são:

  • Express;
  • Django;
  • Rails;
  • Laravel;
  • Spring.

Express

A framework express trata-se de uma opção back-end minimalista, rápida, que é bastante usado para criações web e APIs. É um dos tipos mais populares atualmente, sendo usados por empresas como Uber e Paypal. 

Um diferencial desse tipo é que ele fornece algumas funcionalidades básicas do framework sem obscurecer os recursos do Node, ao mesmo tempo que aproveita o desempenho do Node.js assíncrono. 

Django

Django também é um framework bastante popular em aplicativos como Youtube e Instagram. Essa estrutura de alto nível faz parte da linguagem Phyton.

Ainda, a framework Django também se destaca pela segurança que oferece. Ela fornece ferramentas para criação de um site seguro, bem como permite implementar os recursos de segurança na própria estrutura.

Rails

Também popular, a Rails se trata de uma estrutura Model-View-Controller que usa Ruby. Algumas das empresas que utilizam essa opção Rails são o Airbnb e o Hulu.

É também uma boa opção para quem está iniciando o desenvolvimento web e prioriza soluções mais simples.

Laravel

Open source, a Laravel é uma framework mais recente que faz uso PHP, uma das linguagens mais famosas da web.

Uma característica dessa opção é que ela vem com suporte a API pronto para uso. Como utiliza a arquitetura MVC, tem desenvolvimento de códigos mais limpos e simples.

Spring

Por fim, tem-se a Spring, uma estrutura Model-View-Controller que usa Java. Wix e TicketMaster são alguns exemplos de sites que fazem uso dessa solução.  

Além disso, esta framework possui muitos projetos parecidos que aumentam o desempenho e facilitam o dimensionamento dos negócios.

Conclusão

Como podemos ver nesse artigo, o framework web foca em facilitar processos e diminuir sobrecarga associada a atividades comuns dentro do desenvolvimento web.

Conheça a Plataforma Maker e descubra como otimizar o desenvolvimento de aplicações web e mobile!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.