API: o que significa na programação e qual é a sua função?

api

Cada vez mais tem se usado o API no universo tecnológico, de forma a complementar a funcionalidade de um determinado programa. No entanto, você sabe o que significa API?

API, sigla para o termo traduzido como Interface de Programação de Aplicativos, nada mais é do que um tipo de “ponte” que conecta aplicações, sendo útil para diferentes tipos de negócio.

Pela sua importância na atualidade, se trata de um conceito muito importante da tecnologia que deve ser explorado. Nesse artigo, iremos não só falar sobre o que é a API, mas seu histórico, funções, tipos e exemplos. Boa leitura!

Crie sistemas web e aplicativos mobile de forma simples e visual. Confira!

O que é uma API na programação?

Como falamos,  API é uma sigla, que serve para abreviar o termo em inglês Application Programming Interface, que significa Interface de Programação de Aplicação.

De forma geral, a Interface de Programação de Aplicativos se configura como um conjunto de padrões que um software estabelece para que suas funcionalidades sejam utilizadas por outros aplicativos, sem se envolver em detalhes da implementação do software.

Sendo assim, API nada mais é do que uma integração entre sistemas. O primeiro sistema irá fornecer informações e serviços que poderão ser utilizados pelo segundo sistema.

Histórico das APIs

Embora  a API não seja nova, o conceito de integrar sistemas com utilização de Interface de Programação de Aplicativos a partir de protocolos abertos da web teve início no século 21, nos Estados Unidos. Algumas das empresas pioneiras nisso até hoje são conhecidas.

Entre elas, está a Salesforce, que oferecia um serviço de automação de força de vendas.  Era oferecida uma ferramenta para as equipes de vendas externas de forma que elas pudessem tomar decisões relativas aos respectivos objetivos. 

Com isso, a Salesforce identificava as necessidades dos clientes para compartilhar dados através de seus diferentes tipos de negócios.

O Ebay também é um bom exemplo de Interface de Programação de Aplicativos. A aplicação integrada foi capaz de padronizar a forma como as aplicações se integravam com o Ebay, o que tornava mais fácil para parceiros e desenvolvedores a produção de negócios dentro da empresa.

Para além do setor de compra e vendas, o Twitter também tem pioneirismo na integração de API com o propósito de comunicação e compartilhamento de conteúdo. Muitos sites utilizam e até hoje utilizam-no como forma de compartilhamento de páginas.

Qual a função de uma API?

A função da API é facilitar o processo de uso de um sistema para os desenvolvedores, aumentando a eficiência por meio da colaboração.

 Isso acontece porque ele não vai precisar sobre a implementação das partes que compõem um sistema, somente será necessário saber como usar os serviços fornecidos pelas Interfaces de Programação de Aplicativos que o interessam.

Ao mesmo tempo, uma Interface de Programação de Aplicativos tem o papel de oferecer um padrão para a criação de novas plataformas.

Vantagens de uma Interface de Programação de Aplicativos

vantagens api

Existe uma série de vantagens de realizar a integração por API. São elas, por exemplo:

Maior segurança: as Interfaces de Programação de Aplicativos proporcionam uma troca de informações de forma muito segura. Sendo assim, apenas um conjunto específico de informações que a empresa definiu estará disponível;

Redução no volume de dados: através da sua integração, uma API pode restringir o acesso de informações, que podem otimizar a performance da plataforma e, assim, reduzir o volume de dados necessários ocupados no sistema; 

Possibilidade de auditar acessos: uma Interface de Programação de Aplicativos também permite verificar acessos de forma detalhada, sendo essencial para empresas que manipulam informações de alto valor, como dados bancários.

Quais os tipos de API?

Quanto aos tipos de Interfaces de Programação de Aplicativos, existem três tipos de abordagens para políticas de lançamento de APIs. Iremos falar um pouco sobre cada uma delas.

API Pública

Como o nome sugere, a API pública é aquela que é disponibilizada para todos. Dessa forma, qualquer pessoa pode desenvolver aplicações que interajam com a sua Interface de Programação de Aplicativos e isso pode se tornar uma possibilidade de inovação.

API Privada

Por outro lado, a API privada é o tipo de Interface de Programação de Aplicativos usada apenas de modo interno. Trata-se de uma opção que oferece um maior controle às empresas.

API de Parceiros

Por último, a API de parceiros é aquela que é compartilhada com parceiros de negócios específicos. Nesse formato, é possível fornecer fluxos de receita adicionais sem comprometer a qualidade da aplicação.

3 Exemplos de Interface de Programação de Aplicativos

api exemplo

Como a Interface de Programação de Aplicativos pode apresentar uma série de vantagens, vale conhecer alguns exemplos de aplicações de API muito benéficas para diferentes tipos de negócios.

API de Voz 

A API de voz nada mais é do que um aplicativo que permite, através do envio de torpedos de voz, a  comunicação em larga escala com clientes e consumidores

O torpedo de voz, por sua vez, se trata de uma mensagem gravada que pode ser transmitida ou reproduzida caso não haja quem possa atender no momento em que o cliente entra em contato.

Sendo assim, alguns exemplos de recursos da Interface de Programação de Aplicativos de voz são

  • Campanhas promocionais;
  • Lembretes de pagamento e agendamento;
  • Pesquisas de satisfação;
  • Atualizações sobre o status das várias etapas do negócio.

API para WhatsApp 

O API para WhatsApp permite que a empresa se comunique em larga escala dentro dessa plataforma. Com essa integração, é possível realizar diversas funções, como, por exemplo:

  • Enviar lembretes;
  • Ter múltiplos atendentes;
  • Oferecer suporte 24h com mensagens programadas;
  • Criar um chatbot para WhatsApp. 

Dessa forma, fica possível aproveitar todo o potencial do Whatsapp para tirar dúvidas, enviar cobranças de pagamentos ou informar sobre o status de um pedido ao cliente

API para SMS 

A Interface de Programação de Aplicativos para SMS também é uma forma de facilitar o envio de mensagens para um elevado número de pessoas de forma rápida. Trata-se de uma excelente ferramenta de divulgação de lançamentos, promoções, eventos e serviços, por exemplo.

Crie sistemas web e aplicativos mobile de forma simples e visual. Confira!

Conclusão

Nesse artigo você pode entender a importância de uma Interface de Programação de Aplicativos para facilitar o processo de integração entre sistemas. O impacto que a API pode ter na programação do seu site é enorme!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.